Latest Posts

Sorry, no posts matched your criteria.

Stay in Touch With Us

Odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril delenit augue duis dolore.

Email
magazine@example.com

Phone
+32 458 623 874

Addresse
302 2nd St
Brooklyn, NY 11215, USA
40.674386 – 73.984783

Follow us on social

YogandoBR

  /  Yoga Para Todos   /  Reflexões   /  Sexo Tântrico?

Sexo Tântrico?

Tem um movimento muito perigoso que rodeia o Tantra chamado NEOTantra, mas que foi criado por pessoas que não sabem nada sobre sua filosofia.

Você conhece algo que vende mais do que sexo? Digo mais, que vende mais do que uma pessoa que te promete uma vida com prazer sexual eternamente? Se existe, eu desconheço. O NEO TANTRA é mais uma falácia criada pelo jovem místico New Age. Essas pessoas pegaram uma filosofia séria e colocaram a palavra “sexo”no meio para fingir que é algo transcendental. Essas técnicas, normalmente, são vendidas por mulheres brancas, padrão, ou homens no mesmo “estilo” e normalmente tem uma fala mansa que parece que sabe mais sobre sua vagina do que você.

As pessoas que caem nesse golpe pensam: Claro que eu quero gozar na eternidade com essa pessoa gostosa! Quanto preciso desembolsar? 12 mil? Tá aqui ó!

A verdade é que não existe nenhuma técnica física direcionada para prolongar o orgasmo ou algo do tipo! Existem rituais sexuais tântricos em algumas tradições, mas isso é tratado como um segredo. Mesmo assim, esses rituais são exercícios meditativos e não para aumentar o prazer. Por isso, nenhum “coach” tântrico vai te ensinar como gozar. Além do mais, isso não é Tantra. É NEO Tantra.

Obrigatoriamente, o Tantra contém 3 elementos: Mantra, Ritual e Iniciação. Sem isso, você pode estar somente participando de uma masturbação coletiva. De quebra, ainda pode sofrer assédio e abuso sexual.

Existe um objetivo duplo de toda prática Tantrika. O objetivo “superior” e “inferior”. O primeiro é a libertação (Mukti) e o segundo fala sobre o prazer de todas as coisas (Bhukti). Por tanto, segundo Rāma Kantha, não podemos chamar de Tantra nenhuma prática que seja direcionada somente ao objetivo inferior. Ex: se o objetivo for apenas melhorar sua vida sexual, isso não é Tantra.

Continuando com a linha de raciocínio do NEOTANTRA (volte um post para entender), você apenas terá uma vida plena e feliz se você gozar na eternidade e fazer esse o objetivo de sua vida. Afinal, sexo é vida né?!

Sabemos que sim. Porém, o objetivo de alguém que procura o autoconhecimento é um equilíbrio entre a vida material e espiritual. Sim, o Tantra resolve a vida material e não nega os prazeres que a matéria nos proporciona. A filosofia é desprovida de Tabu. Porém, como já explicado no post anterior, NÃO EXISTE uma técnica tântrica voltada para prolongar o prazer sexual.

Um dos venenos da prática espiritual, segundo a filosofia tântrica, é buscarmos em experiências externas a “felicidade”. Isso quer dizer que a felicidade tem a ver tanto com os momentos prazerosos quanto aos não tão prazerosos assim. A partir de uma experiência que vai nos causar um prazer momentâneo, e nos proporciona momentos de “felicidade”, faz com que sigamos em um caminho completamente oposto do autoconhecimento. Ao invés de nos tornarmos livres nos tornamos reféns. Você não acha natural que quanto mais envelhecemos e temos problemas em nossa vida, nossa libido vá diminuindo?! Isso é um processo natural (claro, muitas vezes podemos procurar ajuda médica), mas tá aí uma grande oportunidade de oportunistas ganharem dinheiro.

O problema da humanidade é que o medo da morte faz toparmos TUDO. Inclusive a ajuda de um “coach tântrico” para prazeres sexuais. Além de enfrentarmos o problema do charlatanismo existe também um problema muito grave sobre a exploração sexual e o assédio nesse meio.

Existem profissionais do neotantra afirmando que salvaram vítimas de abuso sexual com sua “técnica”. ISSO É MUITO GRAVE! Essas mulheres vítimas de violência devem ser imediatamente atendidas por profissionais da saúde como psicólogos e psiquiatras. E não por alguém que quer apenas o seu dinheiro e colocar em uma roda coletiva de masturbação.

Para saber mais sobre esses abusos, acesse aqui!

Eu sou a Larissa Farias, idealizadora do YogandoBR. Criei este espaço para compartilhar o Yoga para mais e mais pessoas. Espero que vocês se sintam inspirados. @yogandobr

contato@yogandobr.com

Deixe um comentário

You don't have permission to register